M
  • Cirurgião-dentista

Márcio Bertachini

Atibaia (SP)
2seguidores0seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

cirurgião-dentista, servidor público

Comentários

(54)

Recomendações

(19)
Ivanil Agostinho, Analista de Desenvolvimento de Sistemas
Ivanil Agostinho
Comentário · há 3 anos
Retrocesso? Pois é...
Avanço é o governo querer distribuir kits gays para crianças entre 6 e 10 anos, com vídeos de estímulo ao homossexualismo;
Avanço é o SUS pagar mais caro por uma prótese (seios) para um travesti do que para uma mulher com câncer de mama; (pesquisem a tabela de procedimentos do SUS)
Avanço é a proliferação de paradas gays, com pessoas seminuas, inclusive fazendo orgias em vias públicas (pesquisem vídeos no YouTube);
Avanço é querer criar leis que permitam à crianças de 12 anos "decidirem" o que querem "ser", podendo, inclusive, trocar de sexo, independente do consentimento dos pais (projeto do PT);
Avanço é afirmar, contrário às ciências biológicas, que dois homens ou duas mulheres podem gerar filhos e, assim, constituir uma família;
Avanço é o aumento de 11% nas estatísticas de AIDS no país, principalmente entre homossexuais masculinos.

Só vejo avanços de uns tempos pra cá!

PS: Vou abrir um parêntese aqui (estou editando esse meu comentário agora 04/09/15 às 10:58h): estou reportando ao JusBrasil, alguns comentários que, carentes de argumentação, vem promover ataques pessoais a mim.
Impressionante como muitos que se dizem "politicamente corretos" são os primeiros a "jogarem pedras" naqueles que discordam de seus posicionamentos, principalmente se partirem de um cristão conversador, como eu (sim, eu sou!).
Não sou melhor nem pior que ninguém por isso.
Não vou me calar porque há pessoas que pensam diferente de mim. Sei que muitos, mas muito mesmo!, pensam como eu, mas muitos não tem a coragem de dizer o que pensam.
Não sou "contra" quem quer que seja. Apenas tenho minhas opiniões, como qualquer um. Ter opiniões contrárias não torna ninguém "inimigo" do outro, apenas nos torna diferentes.
Parece que é impossível para alguns, entenderem isso.

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las." Voltaire
Tiago Ramos, Serventuário da Justiça e Afins
Tiago Ramos
Comentário · há 3 anos
Esse discurso ("o Estado é laico, não quero saber de religião") é repleto das mais diferentes contradições.

Estado laico é justamente o que permite a liberdade religiosa, o uso de símbolos religiosos, a expressão da consciência religiosa, sem qualquer restrição, limitação ou censura.

Quando tenta-se proibir qualquer manifestação política, artística, legislativa em nome da "laicidade" do Estado, o que se privilegia é o Estado Ateu, é o Estado que defende não haver Deus.

Na verdade, o símbolo religioso (qualquer que seja) pendurado na parede será o daquele de quem manda no local. Se é o presidente do STF, é o presidente do STF. Se é o Presidente de um órgão qualquer, que o seja. Se é o chefe de uma seção, idem. Qualquer que seja o símbolo.

Dizer que uma "minoria" que se sentir ofendida por um símbolo pode proibi-lo é dar vitória aos sem religião, uma outra minoria, que tem crescido bastante no mundo ocidental.

Nos últimos anos o pensamento marxista-esquerdista que se hegemonizou no Brasil tem tentado demonizar qualquer opinião ou ideia que tenha por referência ou fundamento a religião. Ignora de forma desonesta que o pensamento religioso (como o cristão) tem fortes fundamentos filosóficos, portanto em nada são inferiores a qualquer outro pensador. Não se pode dizer que as ideias de Nietzche ou Karl Marx são superiores aos dos filósofos cristãos que se baseiam em Jesus Cristo e em seus apóstolos, logo é estratégia baixa e ardil tentar calar os religiosos.

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

(2)
Carregando

Tópicos de interesse

Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Márcio

Carregando

Márcio Bertachini

Entrar em contato